domingo, 30 de março de 2014

A fotografia em 1938

1938 é uma ano único.

Comecemos pelo Salão (Internacional de Arte Fotográfica), o Salão da Sociedade Nacional de Belas Artes (precisamente em 1938) fotografado pelo Mário Novais que não comparecia a essas festividades (é para já o único ano documentado na BA)
 - como expositor esteve representado no Salão dos Independentes em 1930 e na 1ª Exp. Geral de Artes Plásticas em 1946, que quis reagrupar as presenças desse ano



 Biblioteca de Artes :
2º Salão Internacional de Arte Fotográfica, o VI Nacional, 4 a 18 de Dezembro



organizado pelo Grémio Português de Arte Fotográfica, secção da Sociedade Propaganda de Portugal (Touring Club), Largo do Chiado 12-2º

(A fotografia de Mário Novais passa a publicar-se nos catálogos dos anos seguintes: lado esquerdo, acima, e lado direito, no verso da página - cat. 1941 e 1942-43 ...)


O Dr. Elmano da Cunha e Costa  (residência em Mossamedes, África Ocidental) representa-se com 273 - Um filósofo... de pevides 
e 274 - Sonolência, Bromóleos, mas nenhum deles é reproduzido. 

(o dr. Elmano terá voltado em 1940 e voltou em 1942-43, já como sócio do Grémio e com residência em Lisboa)

Podem ver-se neste ano de 1938, por exemplo,

Frederico Bonacho (outro Filósofo) e

Silva Nogueira, As Pevides (outra coincidência), Br. (figurou com um estudo de nu e + 2 fotos).

Outras presenças: D. Thomáz de Mello (Tom) (Ceifeira, Alentejo; Capucha, Monsanto - nesse ano a "aldeia mais portuguesa"), Salazar Diniz, Henrique Botelho. O povo e as figuras populares abundam, mas não se trata de neo-realismo... O populismo está em todo o lado.

#

Acontece que nesse ano Elmano da Cunha e Costa fez a sua 1ª exp. no SPN, como se deu conta na revista "Objectiva". (Virá a fazer + 2 no SNI e será muito publicado sem ser creditado)
Exp. com figuras e paisagens de Angola: 29 são doc. etnológicos
Refere-se um álbum de propaganda de Angola de iniciativa ou com apoio das "entidades oficiais"
Referido como "ilustre artista"

Nº 15, Agosto, pág. 38

Ver no IICT/Arquivo Histórico Ultramarino: 

Âmbito e Conteúdo: Levantamento de grupos étnicos em Angola na década de 30, séc. XX, por Elmano Cunha e Costa para a Agência Geral do Ultramar. Retratos, usos e costumes, feitiçaria, rituais, habitação, arte.

Proveniência: Agência Geral do Ultramar
Dimensão e suporte: 8718 negativos de película em nitrato de celulose, formato 6x6cm.
História custodial: Esta documentação fotográfica foi transferida do Palácio da Cova da Moura para o Arquivo Histórico Ultramarino a 31 de Maio de 1984, por despacho da Direcção-Geral da Reforma Administrativa de 29 de Abril de 1983.
http://actd.iict.pt/collection/actd:AHUECC

(sic)

Sem comentários:

Enviar um comentário